rosa montero dois

A história aconteceu com ela:

Um dia encontrou um norte-americano lindíssimo que anos depois se tornaria um astro de Hollywood. Um não falava a língua do outro. Queria seduzi-lo, embora tivesse certeza de que, enquanto outras mulheres fascinavam os homens com belas pernas ou com o balançar de seus cabelos, ela só era capaz de atraí-los com palavras. Se não podia usar o que considerava sua melhor arma e porque não tinha pernas belas nem cabelos esvoaçantes, estava perdida.

Acabou na cama do norte-americano lindíssimo que anos depois se tornaria um astro de Hollywood, sem saber como havia chegado ali sem a ajuda de suas poderosas aliadas e, pior, infeliz da vida. Tudo o quanto tinha depois do sexo tão mal mobiliado quanto o apartamento em que estavam eram as palavras, e as palavras, àquela altura do campeonato, não serviam de absolutamente nada.