mataram plutão, mudaram os signos…

Deu no jornal: as mudanças no alinhamento da Terra podem ter alterado as datas dos signos do zodíaco. Segundo o astrônomo Parke Kunkle, aquarianos [meu caso] passariam a ser de Capricórnio, piscianos seriam aqueles nascidos entre 11 de março e 18 de abril e haveria, até, um signo novo, Ophiuchus, para quem nasceu entre 29 de novembro e 17 de dezembro.

[Eu quero continuar sendo de Aquário].

Ophiuchus, também conhecido como Serpentário, já existia em algumas versões do zodíaco. Também há uma constelação com o mesmo nome. Kunkle diz que, conforme Terra e Sol se movimentam, os signos, definidos do modo como conhecemos hoje há quase três mil anos, mudam.

A notícia lembra outra, de outro dia: uma entrevista com Mike Brown, astrônomo, pesquisador do Instituto de Tecnologia da Califórnia e descobridor do objeto que forçou a União Astronômica Internacional, órgão que diz quem é quem no Universo, a estabelecer uma definição do que é um planeta. Brown acaba de lançar um livro de memórias com o ótimo título [do conteúdo não sei dizer] “Eu Matei Plutão, e Acho Até que Ele Mereceu”.

Por causa dos estudos dele, o Comitê para a Definição de um Planeta decidiu em 2005 que Plutão, o menor de todos e de todos também o mais distante do Sol, não era planeta. O Sistema Solar passava a ter apenas oito integrantes.

Os astrônomos chegaram à conclusão que seus pares tinham cometido um erro 70 anos antes, quando determinaram que um astro recém-descoberto era um planeta, aquele que tem massa suficiente para ficar isolado em sua própria órbita e integra planilhas e cálculos de físicos, astrólogos e servidores do cosmos em geral sobre as configurações da vida e as características do mundo.

[Plutão, dizem, remete à morte, aos grandes cataclismas e às grandes transformações da humanidade].

Para Brown, o problema é que as pessoas que amam Plutão [sim, tais pessoas existem] “tendem a não entender a graça da coisa”. “O título é uma brincadeira. Ninguém matou Plutão; não se pode matar um astro. Era apenas um bom jeito de transmitir a ideia do que aconteceu. Mas não importa. Fosse qual fosse o título, os fãs continuariam a pensar que eu sou o vilão da história. Na verdade, o vilão da história, se é que há um, é a ciência. Ou Plutão mesmo, por não ser de fato um planeta, ora”, ele diz.

Anúncios

3 comentários sobre “mataram plutão, mudaram os signos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s