feriado, oba

“Certa vez abalancei-me a um trabalho intitulado Preguiça. Constava do título e de duas belas colunas em branco, com minha assinatura no fim. Infelizmente, não foi aceito pelo supercilioso coordenador da página literária. Já viram desconfiança igual? Censurar uma página em branco é o cúmulo da censura […]”.

Mario Quintana, Da Preguiça como Método de Trabalho