time is on my side (yes, it is)

Quanta coisa cabe no tempo? Doze meses de um ano, dezenove dias de um mês, uma vida inteira de ginga, sereno e palavras inventadas? Quanta coisa cabe no tempo? A arte da fuga, a arte de escutar, meia dúzia de balanços, uma prateleira toda de filmes e os quadros pendurados na parede imaginária da existência? Quanta coisa cabe no tempo? Vírgulas, pontos finais, exclamações e as interrogações de um mundo silencioso à espera de respostas? Quanta coisa cabe no tempo? Saudade, apego, braço, desejo, café, chá de sumiço, vodca, ressaca, cheiro no travesseiro e coração partido? Quanta coisa cabe? Tempo? Quanto? Tanto? Cabe você no tempo?

Um comentário sobre “time is on my side (yes, it is)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s